Agendamento
Telefone: (55) 11 3062-0517

A retina do olho corresponde ao filme da maquina fotográfica; é nela que a luz é absorvida e transformada em um impulso elétrico que faz o cérebro “enxergar”. Ela reveste o olho por dentro como um papel de parede e, em casos raros, pode descolar. Isso geralmente ocorrem em pacientes diabéticos, alto míopes ou que sofreram trauma ocular, mas também pode ocorrer em quem nunca teve doença no olho.

O descolamento de retina do tipo regmatogênico, o mais comum, tem como sintomas flashes de luz (fotopsias) no canto da visão e o aparecimento de “sujeirinhas flutuantes” (moscas volantes) na visão do paciente. Em casos mais grave o paciente pode perceber uma cortina fechando em sua frente.

Frente a estes sintomas é importante um exame oftalmológico detalhado para identificar se há descolamento e tratar imediatamente. Na maioria das vezes trata-se apenas de descolamento do vítreo (e não da retina). O vítreo é um gel especial que ocupa a parte de trás do olho e que, quando descola, pode causar sintomas semelhantes ao do descolamento de retina.

Tratamento

O tratamento do descolamento de retina varia de acordo com o tipo de descolamento e pode incluir aplicação de laser, injeção de gás no olho ou cirurgia.

Infelizmente em muitos casos, especialmente se o descolamento ocorreu há muito tempo a visão do paciente pode não melhorar muito, mesmo que a retina fique colada. Isto ocorre porque as células da retina começam a morrer depois de algumas horas de descolamento.

A Clínica Belfort possui a solução mais completa para as doenças oculares. Além de tratamento com os melhores profissionais do país, a clínica conta com os mais diversos exames e cirurgias oftalmológicas.

Para agendar uma consulta com a nossa equipe, é só entrar em contato por e-mail ou ligar em um dos nossos telefones.

 

Doenças Relacionadas:

Descolamento de Retina

Moscas Volantes

 

Exame Relacionado:

Ultrassonografia Ocular