Agendamento
Telefone: (55) 11 3062-0517

Hipermetropia

 

A Hipermetropia é um erro refracional, ou seja, a necessidade de grau para a pessoa enxergar bem. Ao contrário da miopia, que é o oposto da hipermetropia, os pacientes jovens com hipermetropia conseguem enxergar bem sem a necessidade de óculos. Todas as crianças são hipermétropes e raramente vemos crianças com óculos por este motivo. Com a idade, principalmente depois dos 40 anos a pessoa perde a capacidade de compensar o grau de hipermetropia e precisa de óculos para ver com nitidez o que está perto e eventualmente também o que está longe.

Esta anomalia normalmente é causada pelo tamanho do olho, que é alguns milímetros menor que o “tamanho ideal”. Muitas pessoas passam de hipermétropes para míopes na adolescência, quando o olho cresce e passa do tamanho ideal.

 

Causas

A hipermetropia nas crianças é uma importante causa de estrabismo e ambliopia, quando a visão de um dos olhos não se desenvolve normalmente. Geralmente a criança tem um olho que enxerga bem e o outro com visão ruim, por isso a importância de sempre comparar a visão entre os olhos e ser acompanhado pelo pediatra e oftalmologista.

Em alguns casos o grau de hipermetropia causa uma dificuldade grande de focar para perto, crianças que acabam sendo rotuladas de “sem atenção” ou hiperativas. Nestes casos os óculos podem melhorar muito o comportamento das crianças.

 

Sintomas

Em decorrência da Hipermetropia, o organismo da pessoa é obrigado a manter sempre ativado o sistema de acomodação, que normalmente só é utilizado para enxergar para perto. O resultado deste esforço de acomodação permanente para focalizar a imagem na retina são os seguintes sintomas:

  • Embaçamento na vista quando lê de perto ou ver algo bem próximo
  • Vista cansada
  • Dificuldade de concentração
  • Sensação de peso ao redor dos olhos
  • Dor de cabeça

 

Na Clínica Belfort, você conta a tradição de uma família dedicada à saúde dos olhos desde 1933 aliando tratamento humanizado, excelência médica e os mais modernos tratamentos oftalmológicos

 

Diferença entre Hipermetropia e Presbiopia

A Hipermetropia é a necessidade de grau positivo para enxergar bem para longe e está presente desde o nascimento. Caso não tenha um grau muito elevado, a Hipermetropia será corrigida pela própria capacidade de acomodação da pessoa, sem necessidade de óculos até os 40 anos de idade.

Por outro lado, com o passar dos anos, há um envelhecimento do cristalino e da capacidade de acomodação. E assim, normalmente as pessoas com mais de 40 anos começam a ter dificuldade de ler de perto. Este processo chama presbiopia e afeta todos, hipermétropes e míopes. Se a pessoa está com óculos enxergando bem para longe vai ter dificuldade para perto, precisando afastar o texto, motivo pelo qual as pessoas brincam que estão ficando com o “braço curto” ou com a vista cansada.

Além da presbiopia outras doenças começam a ficar mais frequentes depois dos 40 anos de idade, como o glaucoma e as doenças da retina, por isso recomenda-se que depois dos 40 o paciente visite o oftalmologista todos os anos.

 

Tratamento

A correção da Hipermetropia pode ser feita por meio do uso de óculos, lentes de contato ou através da cirurgia

 

Óculos e/ou lente de contato

Normalmente a pessoa começa usando óculos ou lentes de contato. Nas crianças é fundamental garantir que os dois olhos estejam enxergando bem e que não haja ambliopia, que pode ser tratada com sucesso até os 7 anos de idade.

 

Cirurgia a laser também é uma opção

Para quem deseja se livrar de vez da doença, existe também a opção da cirurgia refrativa.  Com a tecnologia atual a cirurgia é rápida e muito segura, o paciente é operado e vai para casa no mesmo dia. Com o uso do laser, a superfície da córnea é remodelada. Dessa forma, a curvatura é normalizada e a pessoa passa a enxergar de perto sem problemas.  A cirurgia é feita apenas após a pessoa completar 21 anos e exames pré-operatórios garantem que o paciente é um bom candidato para o procedimento.

 

A Clínica Belfort oferece, além de tratamentos com os melhores profissionais, diversos exames e procedimentos, incluindo a cirurgia de Hipermetropia

 

Existem diferentes técnicas e aparelhos a laser para a cirurgia. As técnicas mais comuns são: Lasik (laser in Situ Keratomileusis) e PRK (Photoablative Keratektomy). Em ambas, o olho é anestesiado com colírio e o paciente não sente dor. Depois do pós-operatório a visão costuma melhorar entre 2 e 7 dias.

 

A Clínica Belfort possui a solução mais completa para as doenças oculares. Além de tratamento com os melhores profissionais do país, a clínica conta com os mais diversos exames e cirurgias oftalmológicas.

Para agendar uma consulta com a nossa equipe, é só entrar em contato por e-mail ou ligar em um dos nossos telefones.

 

Veja mais:

Astigmatismo

Presbiopia

Estrabismo

Ambliopia

Glaucoma

Miopia

 

Exames relacionados:

Refração (Exame de Vista)

 

 

Cirurgia:

Cirurgia de Hipermetropia

Cirurgia Refrativa