Agendamento
Telefone: (55) 11 3062-0517

Foto de Vacinas na Oftalmologia

Não existem vacinas eficientes para tratar para doenças inflamatórias oculares (Uveítes). Esta é a opinião do Prof Rubens Belfort Jr.

As uveítes são doenças inflamatórias que podem ser infecciosas, associadas às doenças reumáticas e outras ainda sem etiologia conhecida. São tratadas de acordo com a gravidade e o tipo de inflamação, pelo oftalmologista. O tratamento consiste basicamente em anti-inflamatório e no caso das uveítes infecciosas (virais, bacterianas, fúngicas ou toxoplásmicas) também agentes para combater a infecção.

Há muitos anos atrás tentou-se diferentes tipos de vacinas que foram abandonados por total falta de prova ou qualquer eficácia. Neste caso inclui vacina para toxoplasmose ocular.

Mesmo no caso de conjuntivite alérgica existe pouca evidência científica de que vacinas possam aliviar os sintomas e, mesmo nestes casos, os estudos avaliaram conjuntivites específicas relacionadas a alergia a pólen e não os casos mais graves de conjuntivite alérgica. Ainda são necessários trabalhos científicos para comprovar possível benefício destas vacinas.

Assim, deve se tomar muito cuidado com qualquer tentativa de uso de vacinas em Uveítes. Trata-se de procedimento sem base científica e que além de trazer maior custo econômico podem também levar a complicações. Não há nenhuma vacina para uveíte e que possa diminuir a severidade ou as recidivas nas uveítes.

Artigo escrito pela equipe da Clínica Belfort. Proibida reprodução parcial ou total sem autorização. Este artigo contém apenas informações gerais sobre doenças oculares e pode não se aplicar ao teu caso específico. Este texto não substitui a avaliação por oftalmologista.