Agendamento
Telefone: (55) 11 3062-0517

A cirurgia da catarata é a cirurgia mais realizada no mundo. O único tratamento comprovado para a catarata é a cirurgia, quando retiramos a lente opaca e a substituimos por uma lente artificial. Não existem colírios, vitaminas nem qualquer outro tratamento cientificamente comprovado além da cirurgia para impedir o avanço ou curar a catarata. A boa notícia é que a cirurgia de catarata tem excelentes resultados.

Tratamento:

Hoje a cirurgia de catarata mais moderna é a facoemulsificação. Esta técnica utiliza ultra-som para fragmentar o cristalino e permitir que ele seja retirado por uma pequena incisão, geralmente sem necessidade de dar pontos após o procedimento. Uma parte da cirurgia pode ser realizada com uso de laser, chamado de laser de fentosegundo. O paciente é operado sob anestesia local (geralmente por colírio) e a cirurgia demora cerca de 15 minutos. Depois de algumas horas o paciente é liberado e vai para casa no mesmo dia. Após a cirurgia deve-se pingar colírios por um período de uma a duas semanas para a recuperação completa.

Além de melhorar a visão, as vezes a catarata deve ser operada para permitir o exame da retina e do nervo óptico. Nestes casos, mesmo que não haja melhora importante da visão, a retirada da catarata permite o acompanhamento e tratamento destas doenças.

A cirurgia moderna de catarata é realizada com ultrassom, apesar de algumas partes da cirurgia poderem ser realizadas com laser. O resultado com ou sem laser é o mesmo.

Lente Intra Ocular

Esta lente que substitui o cristalino natural e é inserida no final da cirurgia. Geralmente é utilizada uma lente intra-ocular dobrável, que dura o resto da vida do paciente, nunca precisando ser trocada. Existem lentes convencionais, lentes tóricas (que corrigem o astigmatismo) e lentes multi-focais (que melhoram a visão para perto e para longe depois da cirurgia). O exame de biometria, solicitado antes da cirurgia tenta determinar o valor da lente intra-ocular para minimizar a necessidade de óculos, mas é impossível garantir que o paciente vai ficar livre dos óculos para longe depois da operação e como regra vai precisar de óculos para leitura.

As lentes multi-focais permitem uma certa visão para perto e longe sem óculos, mas pode gerar uma série de efeitos indesejados. É fundamental uma conversa franca entre o médico e o paciente com catarata para entender as limitações das lentes multi focais. Poucos pacientes têm indicação de colocar uma lente multi focal, a lente moderna “monofocal” é a que permite melhor visão, apesar da necessidade de usar óculos depois da cirurgia.

Também existem lentes que corrigem o astigmatismo do paciente, diminuindo a necessidade de lentes de astigmatismo no óculos depois da cirurgia.

Cuidados no pós operatórios

Depois da cirurgia o paciente usa colírio por algumas semanas com o objetivo de controlar a inflamação e diminuir a chance de infecção. Também costuma-se utilizar um protetor de acrílico para proteger o olho operado durante as quatro primeiras noites depois da cirurgia, para evitar que aperte o olho.

Deve-se evitar abaixar muito a cabeça nos primeiros dias, assim como evitar contato com água potencialmente contaminada como mar, piscina ou sauna. Claro que o paciente deve evitar substâncias sujas nos olhos, assim como pancadas na cabeça ou no olho. A visão geralmente começa a melhorar no no dia seguinte da cirurgia, levando até três semana para estabilizar. Geralmente esperamos pelo menos duas a três semanas para operar o segundo olho, no caso de cataratas bilaterais.

Uso de óculos após a cirurgia

Geralmente após a cirurgia o paciente vai precisar de óculos para perto (para leitura), geralmente não precisando de óculos para longe, salvo os casos com astigmatismo maior que não utilizaram lente tórica.

Risco de infecção e endoftalmite

O risco de uma infecção grave depois da cirurgia de catarata é muito baixo quando são tomadas todas as precauções de higiene e cuidados pós operatórios. Obviamente é fundamental utilizar um centro cirúrgico que atenda todas as regras de limpeza e esterilização.

As cirurgias são realizadas pelo Dr Rubens Belfort Jr ou Dr Rubens Belfort Neto e sua equipe, geralmente no Hospital Albert Einstein, no Hospital H Olhos ou no Hospital Santa Cruz, dependendo do desejo do paciente. A equipe médica é sempre a mesma e os três hospitais são os melhores de São Paulo para a cirurgia de catarata.

A Clínica Belfort possui a solução mais completa para as doenças oculares. Além de tratamento com os melhores profissionais do país, a clínica conta com os mais diversos exames e cirurgias oftalmológicas.

Para agendar uma consulta com a nossa equipe, é só entrar em contato por e-mail ou ligar em um dos nossos telefones.

 

Veja mais:

Qualquer uma pessoa pode ter catarata? A catarata cega?

 

Doenças relacionadas:

Catarata

Astigmatismo

 

Cirurgia relacionada:

Facoemulsificação